RELIGIOSO DE SAINT-VINCENT-DE-PAUL

"Que Cristo seja proclamado de todas as maneiras".

Religiosos de São Vicente de Paulo

"Que Cristo seja proclamado de todas as maneiras".

19ª edição do festival das nações na notre-dame du bon conseil

IMG_20220612_105757

A igreja de Nossa Senhora do Bom Conselho, decorada com as cores dos nossos diferentes países, foi embalada neste Domingo da Santíssima Trindade. Esta bela celebração foi também uma oportunidade para ver antigos paroquianos que tinham vindo para a ocasião.

Para a Festa das Nações, os paroquianos são convidados a vir vestidos com um traje tradicional ou típico do seu país ou região de origem. A Missa, presidida pelo Padre Gilles Morin, Provincial (foto à esquerda) e concelebrada pelos Padres Franck Zeuschner e Jean-Luc Papet, começou com a procissão das criadas da Assembleia com painéis representando cada continente. Uma missa rica com uma diversidade de canções, tanto dançantes como meditativas. Em quatro línguas: francês, inglês, espanhol e latim. A oração universal estava também em quatro línguas: francês, bamiléké, português e inglês.

Como pessoa responsável pelo Festival das Nações, Maria Ayet fez um discurso de boas-vindas no qual agradeceu a toda a comunidade paroquial por se terem reunido para celebrando a fraternidade e a unidade e, é claro, o comité organizador do festival composto por 10 pessoas que se ocupam da comunicação, da restauração, da liturgia e da ligação com os catequistas e as crianças do catecismo. Baseando-se na carta de São Paulo aos Romanos, Maria lembrou-nos que as nossas diferenças são uma força, que somos um só corpo, o corpo de Cristo que é a Igreja.

Após a missa, a refeição foi convivial e quente. Os paroquianos trouxeram comida e bebida de quatro continentes. Uma variedade de especialidades encantou os convidados.

A refeição foi animada por canções e músicas dos 44 países representados, gravadas numa lista de peças de teatro. Depois, outro momento agradável: o quiz das nações, que visava fazer-nos descobrir a cultura do outro e aprender coisas sobre a nossa Igreja Católica.

O objectivo do Festival das Nações: conhecer-se, reforçar os laços de fraternidade existentes e valorizar a diversidade dentro da nossa paróquia foi verdadeiramente cumprido.

Parabéns a todos os membros do comité organizador que, desde Janeiro, se reuniram várias vezes para preparar a missa e o festival e que, graças ao seu generoso envolvimento e comunicação regular com os paroquianos e amigos da paróquia, fizeram este 19s Festival das Nações um grande sucesso.

Vejo-o no próximo ano